domingo, 5 de setembro de 2010

Lei da Palmada - A Vingança Infantil

Um projeto de lei enviado pelo governo ao Congresso estabelece o direito da criança e do adolescente de serem educados sem palmadas e beliscões (sorte a minha). A proposta já está provocando muita discussão.

O primeiro ponto é o pensamento dos pais:

“Eu não vou poder mais dar uns tapinhas naquele pestinha?”
Quando a criança é um anjinho essa lei é perfeita. Mas quando é aquele menino atentado, virado no cão e perturbado desde vida fetal... A conversa é outra.
Minha mãe mesmo me ama. Ela me acordava sob beliscão. Quando eu fazia birra na frente dos outros, via o que erra bom pra tosse (não só pra tosse, pra dores musculares também). E eu que falasse alguém sobre os maus tratos. Eu apanharia mais (isso é ficção, nunca apanhei de minha mãe e deu no que deu).

Especialistas afirmam que as palmadas podem constranger e ferir a integridade da criança. Que integridade gente? Criança só pensa em grana. Criança não quer ganhar roupa, brinquedo, agasalho... Ela aceita na educação (quando tem).

Uma conversa ouvida por Laise:

A criança abençoada diz: “Olha meu pai, você não pode mais me bater! A gente precisa conversar”.
O pai enraivado responde, no tom de ironia: “Apanha você e quem aprovar essa lei...”

O segundo ponto é o pensamento das crianças:

“Glória! Eu não vou mais passar vergonha na frente da galera do mal”.
Pq é sempre um mico isso. Se minha mãe me bate agora na frente dos outros, eu ligo para polícia imediatamente.
E acabou o ponto das crianças... Até pq não tem muita voz aqui!


E PQ ESSA LEI NÃO FOI PENSADA ANTES?

Como psicólogas, pensamos que o melhor é seguir o método da disciplina de Super Nanny. E só.

4 comentários:

  1. QUE CHORIÇA!!!!

    Nem Simão comentou este post!

    ResponderExcluir
  2. Esse post afetou o emocional dos leitores, traumatizados talvez...rs
    Seria algum sentimento, por desejar que existisse uma lei como essa há algum tempo (na infância)?

    ResponderExcluir
  3. Dói, um tapinha não dói
    Um tapinha não dói
    Um tapinha não dói
    Só um tapinha...(2x)

    Vai Glamurosa
    Cruze os braços no ombrinho
    Lança ele prá frente
    E desce bem devagarinho...


    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

    ResponderExcluir